Como ajudar meu filho a obter um bom resultado escolar

0
370

Sabe-se que o desejo da maioria dos pais é que seus filhos sejam bem sucedidos. E são eles que desempenham o papel mais importante em todo esse processo de crescimento, descobertas, aprendizagem e escolhas dos filhos.  Por isso, podem e devem ajudá-los a estar bem preparados para os desafios e conquistas da vida. Porém, muitos acreditam que a boa formação escolar é suficiente para tal conquista.

Através de pesquisas e estudos, a Neurociência tem afirmado que a inteligência pode ser desenvolvida e, portanto, além da escola, a interação pais-filhos sendo de qualidade, também pode potencializar esse desenvolvimento. Por isso, é importante que os pais compreendam o que podem exercer uma grande influência no desempenho escolar dos seus filhos, definindo, assim, o perfil deles enquanto alunos.  Dessa forma, os pais poderão contribuir:

1)   Incentivando em primeiro lugar, a busca pelo conhecimento:

frequentando juntos as livrarias. Comprando livros que possam despertar a curiosidade e o desejo pela leitura, de forma espontânea e natural, pois não será apenas na escola e de forma obrigatória que isso acontecerá.

assistindo filmes juntos, de variados títulos, para que possam conversar sobre, e assim, despertar o senso crítico, o poder de análise, a interpretação, os questionamentos e reflexões relevantes ao assunto.

ouvindo juntos boas músicas, estimulando a sensibilidade, a escuta e principalmente a liberdade de expressão.

2) Conversando com seus filhos, sobre qual é o propósito de frequentar a escola e estudar, o que isso significa. Pois, mesmo que um dia eles não queiram mais frequentar a escola, deverão saber que não deixarão de estudar. Mesmo que escolham apenas trabalhar, o conhecimento naquela determinada área será exigido. Passarão por treinamentos, cursos, entrevistas para, depois, serem qualificados. Por exemplo, o vendedor vai precisar estudar e conhecer o produto que deseja vender, assim como  o perfil do seu cliente, para melhor entender suas necessidades e assim realizar com sucesso suas vendas.

  • Inserindo em seu dia a dia a disciplina, estabelecendo uma rotina, um ritmo para desempenhar suas atividades de maneira mais organizada e tranquila. A rotina deve incluir tudo o que seus filhos precisam fazer durante todo o dia. Com horários específicos para cada atividade. É importante que eles compreendam que a disciplina faz parte da vida e não deve ser cumprida apenas em relação à escola e estudos. A disciplina deve ser reconhecida como uma aliada na execução de suas atividades e compromissos dentro e fora da escola.
  • Desenvolvendo sua autonomia, confiando no potencial do seu filho. Promovendo desafios para que resolvam e dificuldades que possam superar. Desta forma, estará despertando o sentimento de autoconfiança e segurança para enfrentar adversidades e dificuldades em relação à vida. E, assim, preparar não apenas o aluno, mas o sujeito como um todo. Por tanto, cuide para não fazer pelos seus filhos o que eles podem fazer sozinhos, pois, além de super protegê-los, estará passando a ideia de que eles não conseguem ou que ainda não são capazes.
  • Exercendo sua autoridade, colocando limites, mas equilibrando tudo com carinho e afeto. Por exemplo: não se preocupe em atender de imediato os desejos dos seus filhos. A realização de seus desejos deve ser conquistada, pois é um processo em que seu empenho, deve estar primeiramente voltado aos seus afazeres e responsabilidades, para que depois possa ou não, fazer o que tem vontade. Da mesma forma, os pais devem exercitar com os filhos a resistência à frustração. Quando por algum motivo, estiverem sofrendo por não conseguirem o que desejam, devido aos “nãos” que a vida oferece, apenas demonstre compreensão ao que eles sentem, sem a tentativa de aliviar, ou compensar o sentimento de dor daquele momento. E é assim, deixando com que eles passem por experiências de frustração, que irão aprender a resistir aos “nãos” da vida e ainda serão capazes de enfrentar adversidades e de se organizar em relação às suas responsabilidades e seus compromissos. Pode-se afirmar que estimulação adequada à conquista de desafios, resolução de problemas e à superação de dificuldades, quando mediadas pelos pais, incentivam o crescimento e amadurecimento emocional dos filhos e promovem, naturalmente, o processo de aprendizagem como um todo. Assim sendo, a parceria escola-família é de extrema importância, pois, ambas desempenham o mesmo papel neste desenvolvimento e almejam os melhores resultados para todos.

Em relação ao bom desempenho escolar no dia a dia (como estudar, realizar tarefas e trabalhos) os pais ainda podem contribuir da seguinte forma:

1°) ATENÇÃO: oriente seu filho, para prestar bastante atenção nas aulas, grifando e marcando as partes que considera mais importante, para facilitar quando for estudar, fazer as tarefas e tirar dúvidas.

2°) ROTINA: organize o horário mais adequado para que possa fazer as tarefas todos os dias e assim estabelecer uma rotina até se tornar um hábito.

3°) LOCAL: assim como a organização do horário para estudo, a organização de um local adequado para estudar é de extrema importância. O local deve ser arejado, com boa luminosidade e que possa favorecer uma boa postura, evitando assim, a preguiça e o sono. Por isso, não é recomendado estudar no sofá ou na cama.

4°) ACOMPANHAMENTO: é muito importante que os pais acompanhem as solicitações da escola em relação as tarefas, datas de provas e trabalhos, através das agendas e do site da escola.

5°) LIMITE: os pais precisam limitar o uso de aparelhos eletrônicos durante o horário de estudo e realização das tarefas, deixando-os desligados. Além de prejudicar a concentração, prejudicará também seu desempenho, levando o dobro de tempo para concluir seus afazeres. Assim como é importante estabelecer um horário para estudar, para o uso desses aparelhos, também deve existir um horário estipulado.

6°) INTERESSE: demonstrar interesse por tudo que estão aprendendo na escola, tendo também uma atitude positiva diante das tarefas escolares. Isso ajudará a criança a cumprir suas obrigações de forma natural.

7°) TROCAS:  Jamais devem trocar o estudo por presentes. Nada de negociar o que deve ser de responsabilidade (natural) da criança.

8°) COMPARAÇÕES: cuide para não comparar seu filho ao irmão ou aos colegas. Cada um vai apresentar um desempenho de forma diferente a do outro. As comparações desestimulam e prejudicam diretamente a concentração e rendimento escolar da criança.

9°) VALORIZAR: valorize e reconheça os pequenos progressos. A criança, assim como os adultos, têm necessidade de reconhecimento, de elogios quando acertam, pelo menos pra entenderem o que estão fazendo de certo ou errado.

10°) INTERCALAR HORÁRIOS: é importante que o horário de estudo seja um tempo de qualidade, para que a criança possa ter um tempo de descanso e de lazer.

11°) ATIVIDADE FÍSICA: intercalar na rotina da criança uma atividade física, também irá contribuir para um melhor rendimento escolar, pois, ao exercitar o corpo, estará também ativando a circulação sanguínea, estimulando assim, a oxigenação do cérebro, facilitando a concentração, a memorização despertando maior interesse mental pelos estudos.

LEMBREM-SE: Pais e filhos devem criar, juntos, uma rotina de estudos, mas a responsabilidade de executar a tarefa é sempre do aluno.

Sugere-se, ainda, que juntos com os filhos, tracem as metas escolares anuais.  E, se possível, exponha em um local onde os filhos possam visualizar todos os dias, estimulando assim, um comportamento adequado e coerente para que possam obter o resultado esperado.

Desejamos a todos os pais e alunos um bom ano letivo, caminhando juntos, em harmonia com a escola com muito companheirismo e respeito, visando sempre a boa qualidade do desenvolvimento do processo de aprendizagem como um todo.

A autora é formada, em psicologia clínica e licenciatura pela Universidade Tuiuti/PR, em 1996, atuante nas áreas clínica e escolar com cursos de extensão na área de psicoterapia com crianças, adolescentes e adultos, na área de educação especial, dificuldades de aprendizagem, também na área de orientação e reorientação profissional. Para conhecer mais a respeito do seu trabalho, visite: https://www.facebook.com/psicologainfantiltatianacosta/

Seu comentário é importante para nós...

Customer Reviews

5
0%
4
0%
3
0%
2
0%
1
0%
0
0%
    Showing 0 reviews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Thanks for submitting your comment!